Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

02/08/2015
Varela e Gugelmin vencem primeira especial do Sertões

Primeira especial saiu de Goiânia e foi até Rio Verde

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin venceram neste domingo (2) a primeira especial da 23ª edição do Rally dos Sertões, disputada entre as cidades de Goiânia (GO) e Rio Verde (GO). A bordo de uma Toyota Hilux da divisão FIA-T1, a dupla campeã mundial da classe T2 em 2013 completou os 205,74km cronometrados da especial em 2h06min56s.

A segunda colocação ficou com os atuais campeões do Sertões, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, distantes pouco mais de cinco minutos da dupla vencedora da especial com um Mitsubishi ASX. A dupla herdou a segunda colocação do duo formado por Marcos Baumgart e Kleber Cincea, punidos em dez minutos após fecharem a etapa.

“Temos muito rali pela frente. Acabamos pegando poeira de alguns UTVs, mas faz parte. O nível é muito forte. Viemos concentrados, mas no fim perdemos um pouco de ritmo por causa das lombas e de outros UTVs”, disse Marcos Baumgart, após receber a punição.

João Franciosi e Rafael Capoani, com uma Mitsubishi L200 Triton SR, terminaram com a terceira colocação geral e a vitória entre os competidores da classe Protótipos T1. Jorge Wagnenfhur e Joel Kravtchenko ficaram com a quarta colocação do dia, enquanto Silvio Neto e Rogério Almeida completaram o grupo dos cinco melhores deste domingo.

“A verdade é que ficamos o tempo inteiro saltando. Eram muito fortes. Foi também uma especial rápida, no meio de plantações, o que é muito bom para o nosso carro, que anda bem neste tipo de traçado. Agora é continuar assim até o final, tomando cuidado com as lombas e administrando”, comentou Varela.

Guiga Spinelli falou sobre um problema de comunicação com sua equipe, o que, de acordo com o piloto, o fez perder tempo ao longo da especial. “Acabamos perdendo bastante tempo por conta disso. O Totem e o Sentinel também apresentaram problemas e ficamos sem saber se o carro que largou atrás de nós estava se aproximando”, disse.

Romeu Franciosi fez coro a Varela e destacou a dificuldade deste primeiro dia de competições do Sertões. O piloto disse que sabia que encontraria uma prova com um percurso com muitos saltos, mas se surpreendeu com o terreno em que foi disputada a especial.

“Foi uma prova difícil, com muitos saltos ‘desajeitados’ e o carro caindo de lado. Sabíamos que seria desse jeito, só não sabíamos que seria tanto. Nossa missão era chegar e fazer um bom tempo. Andamos rápido e com segurança. Agora é cuidar bem do carro e se preparar para amanhã”, disse Franciosi.

Nesta segunda-feira a caravana do Rally dos Sertões sai de Rio Verde em direção à Itumbiara (GO), em um dia com percurso total de 334,97km, 156,73 deles cronometrados.

Foto: André Chaco