Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

04/08/2015
Milton Sperafico volta às pistas depois de 22 anos

Vice-presidente da CBA disputará a Cascavel de Ouro ao lado de Guilherme Sperafico, seu filho

Depois de 22 anos, Milton Sperafico voltou a pilotar um carro de corrida. O vice-presidente da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) treinou ontem (segunda-feira) com um Ford Ka no autódromo Zilmar Beux, em Cascavel.

O treino faz parte do processo de readaptação às competições, que tem o objetivo de disputar a 29ª da Cascavel de Ouro, a ser realizada no dia 25 de outubro. Se decidir em voltar a competir, irá formar dupla com o filho Guilherme, que disputa o Campeonato Metropolitano de Marcas de Cascavel, com um Renault Clio.

Faz 22 anos que Milton parou de competir. Em 1993, sua última temporada nas pistas, Milton sagrou-se campeão da categoria B do Campeonato Sul-Americano de Fórmula 3. O vice-campeão foi o argentino Gastón Mazzacane, que anos mais tarde viria a ingressar na Fórmula 1.

Milton Sperafico explicou que a adaptação ao carro da categoria Marcas foi mais rápida do que esperava, mas ainda precisará de mais treinos para poder tomar a decisão de voltar ou não a competir. “O carro tem tração dianteira, é muito rápido, os pontos de freadas são bem diferentes do monoposto da Fórmula 3. É apenas um teste, vou precisar treinar mais uma ou duas vezes. Mas fiz o tempo de 1m19s70, considerado bom pelo preparador Eduardo Ferrari, para quem estava enferrujado. A vontade é de correr”, acentua Milton Sperafico, vice-campeão da Cascavel de Ouro em 1982 e terceiro colocado em 1983.
Guilherme empolgado

Guilherme Sperafico diz estar empolgado com a possibilidade de formar dupla com o pai na Cascavel de Ouro. Ele acompanhou todo o treino de ontem e diz que correr em dupla com o pai será a realização de um sonho. “Quando ele parou eu tinha cinco anos. Comecei a competir no kart aos nove. Estou lhe pentelhando desde o início do ano e vou pressionar mais ainda agora que ele andou bem”, frisa Guilherme, que trabalha nos acertos do carro da equipe Água Mineral Itaipu para disputar a Cascavel de Ouro.

Foto: Orlei Silva