Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

13/09/2015
Fraga vence bateria final da Stock Car em MS

Tocantinense superou Cacá Bueno na última volta

Felipe Fraga venceu a bateria de encerramento da nona etapa da temporada 2015 da Stock Car, disputada no Autódromo Orlando Moura, em Campo Grande (MS). Esta foi a primeira vitória do tocantinense na atual temporada e a terceira na carreira. O triunfo do mais jovem vencedor da história da categoria também foi histórico para a sua equipe, a Voxx Racing, que teve pela primeira vez o melhor competidor nas duas corridas de uma etapa, uma vez que Marcos Gomes recebeu a bandeirada na frente na primeira prova.

A segunda posição da prova ficou com Cacá Bueno, mentor de Fraga. O piloto da Red Bull largou da pole position e esteve na primeira posição durante a maior parte da prova, quando foi superado pelo dono do carro número 88. O pentacampeão chegou a retomar a ponta na última volta, mas acabou superado na reta oposta do traçado localizado na capital do Mato Grosso do Sul. O pódio foi completado por Ricardo Maurício, da Eurofarma RC.

Rubens Barrichello fechou a corrida na quarta posição ao superar Max Wilson na última volta, deixando o companheiro de equipe de Ricardo Maurício com a quinta posição. Daniel Serra foi o sexto com o carro da Red Bull, seguido por Allam Khodair, da Full Time-Texaco. Sérgio Jimenez, levou a Axalta C2 Team ao oitavo lugar, acompanhado por Valdeo Brito, da Shell Racing. O grupo dos dez melhores teve ainda Luciano Burti, da RZ Motorsport.

Com os resultados da segunda corrida da etapa sul-matogrossense da Stock Car, Marcos Gomes segue na liderança do campeonato, com 209 pontos, contra 175 de Cacá Bueno, que permanece na segunda colocação. Daniel Serra é o terceiro, com 156, enquanto Rubens Barrichello ocupa o quarto posto, com 142. A lista dos cinco primeiros conta agora com Allam Khodair, que assumiu a quinta posição com 140 pontos.

A próxima etapa da Stock Car acontece no dia 18 de outubro, com a realização da etapa de Curitiba, que será disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais (PR). Será a terceira vez no ano que o circuito próximo da capital paranaense sediará uma etapa da principal categoria do automobilismo brasileiro somente neste ano.

A corrida

Assim como aconteceu na primeira bateria, a largada aconteceu com o Safety Car, por conta de problemas com o asfalto do circuito. Quando a bandeira verde foi acionada, Cacá e os outros ponteiros mantiveram suas posições. Na terceira volta, Julio Campos, que partiu da segunda posição, ultrapassou o piloto da Red Bull, tomando a dianteira, mas a perdeu na reta oposta, graças ao uso do push to pass do dono do carro número zero.

Na sexta volta, Max Wilson e Daniel Serra se tocaram durante a disputa pela terceira posição. Pior para Serra, que perdeu rendimento e posições para o piloto da Eurofarma RC, Fraga e Barrichello. O piloto mais novo da Voxx Racing seguiu avançando e pulou para a segunda posição, ao superar de uma só vez Wilson e Campos. Mais atrás, Marcos Gomes cometeu um erro e rodou quando ocupava a sexta posição, caindo para o 17º posto.

Companheiros de equipe, Ricardinho e Max passaram a trocar ultrapassagens na disputa pela terceira colocação, enquanto Fraga assumiu a liderança ao superar Cacá a quatro voltas para o final. O tocantinense chegou a ter dois segundos de frente, mas passou a ter um ritmo cauteloso e perdeu a liderança na abertura da última volta. Mas Fraga ainda tinha um botão de ultrapassagem e retomou a ponta na reta oposta, faturando a vitória. Também na reta oposta, Barrichello superou Wilson e acabou em quarto.

Foto: Carsten Horst