Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

18/10/2015
Estratégia funciona e Foresti vence a primeira na Stock Car

Allam Khodair foi o segundo colocado, seguido por Ricardo Maurício. Marcos Gomes e Cacá Bueno se envolvem em acidente na largada

Lucas Foresti, piloto que está em sua segunda temporada na Stock Car, conquistou sua primeira vitória na categoria na tarde deste domingo (18), ao ser o primeiro a receber a bandeira quadriculada na corrida de abertura da décima etapa da temporada, disputada no Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais (PR).

O piloto da equipe AMG Motorsport se valeu de uma arriscada estratégia na janela de paradas nos boxes. Enquanto a maior parte dos concorrentes fez a troca de dois pneus e optou por colocar dois galões de combustível, Foresti colocou apenas um de cada em seu carro, o que lhe garantiu a liderança da prova, de onde assumiu a liderança na 25ª passagem e não saiu mais

A corrida ainda teve Allam Khodair, da equipe Texaco Full Time, na segunda colocação, seguido por Ricardo Maurício, da Eurofarma RC. O grupo dos cinco melhores também contou com Luciano Burti na quarta posição, com o carro da RZ Motorsport, e Vitor Genz, da Boettger.

Marcos Gomes e Cacá Bueno não tiveram uma boa primeira bateria. Os dois se envolveram em um acidente na largada, fazendo com que o líder do campeonato encerrasse a corrida em 31º lugar, enquanto o pentacampeão foi o 13º melhor.

A corrida

A largada teve Átila Abreu pulando da quarta posição para a liderança da corrida, seguido por Thiago Camilo. Um incidente envolvendo oito carros, entre eles os dois líderes do campeonato. Marcos Gomes sofreu um toque de Allam Khodair e rodou no meio do pelotão, abandonando a prova, enquanto Cacá Bueno caiu para a parte final da fila.

A prova foi reiniciada na quarta passagem, com Átila mantendo a liderança. Um giro depois, Serra – que também se envolveu no acidente da largada – dividiu curva com Max Wilson e foi para a grama novamente. Outro que escapou da pista foi Felipe Fraga, que ficou parado na brita, forçando nova entrada do Safety Car. Neste momento Camilo reclamou que o carro de Átila não acendia as luzes de freio.

A bandeira verde foi acionada na nona volta e, mais uma vez, Átila seguiu na liderança, com Camilo e Khodair logo atrás. Mas, para azar do líder da prova, a direção de prova o advertiu na 13ª volta com relação às luzes de freio, obrigando-o a visitar os boxes. O dono do carro número ainda viu Camilo assumir a liderança na 19ª volta. Átila sofreu a bandeira preta por não entrar nos boxes para verificação das luzes de freio na 20ª volta.

A janela de paradas nos boxes foi aberta na 20ª passagem e a maioria das equipes optou por fazer a troca de dois pneus e a colocação de dois galões de combustível. Camilo fez seu pit-stop na 22ª volta, enquanto Maurício trocou seus pneus no giro seguinte. Khodair, que pulou para a liderança quando Thiago fez sua parada, foi aos boxes na 24ª volta e colocou apenas um galão. Foresti arriscou ainda mais e trocou apenas um pneu.

A estratégia da equipe AMG deu certo e Foresti voltou à pista na liderança da prova, seguido por Khodair, que foi superado nos boxes. Mais atrás, Valdeno Brito e Tuka Rocha se tocaram. Pior para o paraibano, que foi punido com um drive-through por atitude antidesportiva.

Foresti viu Khodair se aproximar, mas não permitiu ao “japonês voador” uma tentativa de ultrapassagem, faturando a vitória.

Foto: Duda Bairros