Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 18
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Rally de Velocidade
    PR - A definir
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

27/10/2015
Em Aracaju, Federação Sergipana reúne 498 carros durante evento

Jipe Show deve fazer parte do Livro dos Recordes para eventos de carros 4x4

O Jeep Clube de Sergipe deve encaminhar no início do mês de dezembro a documentação completa ilustrada com vídeos e fotos do 19º Jipe Show para a direção do Livro dos Recordes. Realizado entre os dias 10 e 12 de outubro em Aracaju (SE), o evento reuniu 498 veículos 4x4 de várias partes do País.

O presidente da Federação Sergipana de Automobilismo, José Roberto Mellara e o presidente do Jeep Clube de Sergipe, Kennedy Fonseca, estão com a documentação pronta para enviar à publicação inglesa Guinness Book. “Estamos em contato com os diretores do livro, que já mostraram interesse quando viram praticamente 500 inscrições em um evento 4x4”, conta Fonseca.

O gigantesco raid de 4x4 começou no sábado de manhã na Orla do Atalaia, passando pelo também pelo kartódromo Emerson Fittipaldi, construído na avenida Santos Dumont . O Jipe Show abriu a competição do dia seguinte, o também tradicional Campeonato Nordeste de Rally 4x4 com etapa válida pelo certame brasileiro da modalidade.

“O Campeonato Nordeste é a principal competição off-road da região e além de Sergipe, tem etapas pelos estados de Alagoas, Pernambuco e Bahia. No ano que vem vamos estender por mais estados”, conta Mellara, animado com o evento.

O encontro de jipeiros de sábado exigiu uma estrutura complexa montada pelos promotores, incluindo ambulâncias, carros de resgates, bombeiros e mais de 60 sócios do Jeep Clube como voluntários. “Temos que dividir em comboios de 70 carros aproximadamente para administrarmos a segurança dos participantes”, conta Fonseca.

No meio do trecho de dunas, lama e travessas de riachos de 180 quilômetros a organização montou um ponto de apoio que serve alimentação e bebidas não alcoólicas aos participantes. Também serve de reconhecimento entre os participantes que mantém uma rede de comunicação por internet.

A prova do Rally 4x4 do dia seguinte foi realizada nos moldes do Super Prime no rali, com dois carros alinhados em pistas diferentes que são alternadas na volta seguinte, resultando em um trecho de 1.300 metros de extensão.

Foto: Caio Araújo