Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

17/11/2015
Pietro Fittipaldi e Murilo Della Coletta participaram de evento da Ferrari

Jovens talentos brasileiros estiveram em coletiva com Emerson Fittipaldi durante o GP do Brasil de Fórmula 1

Dois jovens pilotos brasileiros participaram de um encontro com o bicampeão mundial de Fórmula 1 Emerson Fittipaldi promovido pelo Banco Santander e pela Ferrari. A ação ocorreu no último sábado (14), no Hospitality Centre da equipe italiana durante o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, realizado no Autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP).

Recebidos por Pablo de Villota, diretor de patrocínio do Santander na Fórmula 1, Pietro Fittipaldi e Murilo Della Coletta foram apresentados como pilotos escolhidos para participarem do teste de avaliação do Campus of Ferrari Racing Academy, evento que avalia aspectos físicos e psicológicos dos pilotos em várias situações dentro e fora das pistas. Ambos foram indicados pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Pietro participou do Campus of Ferrari Racing Academy no ano passado, quando tinha 18 anos, e teve a experiência prática de pista. “Foi uma honra treinar em Maranello com um Fórmula 3 com os engenheiros da Ferrari. Nunca vou esquecer essa experiência”, conta Pietro.

Já Murilo, campeão brasileiro de kart na categoria Graduados, chegou há 20 dias da Itália e diz ainda estar vivendo essa grande emoção de ter guiado um Fórmula 4 supervisionado pelo time de engenheiros da Ferrari. Com apenas 15 anos, Murilo superou seus companheiros, dois espanhóis e um inglês, em quase três segundos na volta mais rápida.

“Foram apenas três dias, mas senti que o aprendizado me deu muita bagagem para estrear no automobilismo no ano que vem”, comentou Coletta que até agora só disputou competições de kart ao longo de sua carreira no esporte a motor.

Ao final da coletiva, Emerson elogiou os dois jovens brasileiros e lembrou que o Brasil é mesmo “um país de muita sorte no automobilismo”. Para o italiano De Villota, o bicampeão mundial apontou que o Brasil tem oito títulos mundiais e a Itália tem um único título em 1953 com Alberto Ascari e que a Alemanha teve seu primeiro campeão só em 1994 com Michael Schumacher.

Emerson elogiou a iniciativa do Santander e da Ferrari em formar jovens talentos para todas as circunstâncias de pista. De Villota também destacou a importância destas atividades. “Assim como existe a necessidade de se exercitar os músculos para a técnica de pilotagem existe o treinamento mental específico para o esporte a motor”, disse o manager do Santander.
.

Foto: divulgação