Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

06/12/2015
Totti fatura o tricampeonato da F-Truck

Paranaense foi o terceiro colocado na etapa de Londrina, vencida por Paulo Salustiano

Leandro Totti conquistou seu terceiro título na Fórmula Truck na tarde deste domingo (6), ao terminar na terceira posição a etapa de encerramento da temporada 2015, disputada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina (PR). A corrida foi vencida por Paulo Salustiano, que assumiu a liderança ainda na primeira volta e liderou o restante da prova.

Entre os caminhões de Salustiano e Totti, chegou Felipe Giaffone, que ficou com a segunda colocação. O pódio ainda contou com outros dois pilotos paranaenses: Diogo Pachenki, com um Mercedes, terminou com a quarta posição, seguido pelo Scania conduzido por David Muffato.

Com o resultado deste domingo, Leandro Totti terminou com 369 pontos, apenas dois a mais para Paulo Salustiano, vice-campeão com 367. Felipe Giaffone completou o grupo dos três melhores do campeonato deste ano, com 360 pontos.

A Fórmula Truck terá o início de sua temporada 2016 no dia 13 de março, com a realização da etapa de Santa Cruz do Sul (RS), no Autódromo Oswaldinho de Oliveira.

A corrida

Por conta da chuva, a largada foi acionada sob regime de Safety Car. A bandeira verde só quando restavam 55 minutos para o final da prova, com Giaffone mantendo a liderança, pressionado por Salustiano, que conseguiu a ultrapassagem ao final da primeira volta, fazendo valer a força do motor Mercedes de seu caminhão na reta dos boxes.

Também na disputa pelo título de 2015, Totti ganhou a terceira posição ao conseguir superar Pachenki no miolo do circuito londrinense. O “Marvado” rapidamente passou a atacar Giaffone, enquanto Salustiano passou a abrir vantagem em relação aos dois pilotos dos Volkswagens preparados pela RM Competições.

Adalberto Jardim assumiu a sexta posição após dividir algumas curvas com seu companheiro de equipe André Marques. Na frente, Totti finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Giaffone, faturando a segunda colocação. O paranaense, porém, não conseguiu abrir vantagem sobre o companheiro de equipe e viu Salustiano abrir cinco segundos na liderança da prova.

O forte ritmo aplicado por Totti custou caro. O piloto cometeu um erro na primeira curva do circuito de Londrina e viu Giaffone recuperar a segunda posição. O paranaense, porém, contou com um erro de seu companheiro de equipe e rival na disputa do título para retomar a posição.

Alheio ao que acontecia no pelotão de trás, Salustiano seguiu para vencer a primeira fase da corrida, seguido por Totti, que completou as primeiras 12 voltas nove segundos atrás do líder. Giaffone foi o terceiro colocado, seguido por Diogo Pachenki. David Muffato, com um caminhão Scania, completou a lista dos cinco melhores.

A chuva parou e a corrida teve seu reinício com Salustiano mantendo a liderança, pressionado por Totti, que mesmo com o segundo lugar garantiria o título. Mas o dono do Volkswagen número 73 acabou superado por Giaffone na reta oposta. Pouco depois, Beto Monteiro, que enfrentou muitos problemas com seu caminhão Iveco da equipe Lucar, abandonou a corrida.

Giaffone passou a pressionar Salustiano na disputa pela primeira colocação, enquanto Totti seguia um pouco mais distante dos dois. Alex Fabiano cometeu um erro e ficou com o caminhão na área de escape, enquanto Pachenki conseguiu a volta mais rápida da prova, somando mais um ponto. Pouco depois, Debora Rodrigues escapou da pista, fazendo com que André Marques também saísse do traçado.

Por conta do óleo na pista, a direção de prova acionada quando restavam seis minutos para o final da corrida. Na sequência, André Marques capotou seu caminhão, após atingir a barreira de pneus. O acidente provocou o encerramento da prova, dando a vitória para Salustiano e o título para Totti.

Foto: Orlei Silva