Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

06/01/2016
Franciosi ganha 38 posições; Medeiros é o terceiro nos quadriciclos

Guilherme Spinelli abandonou a disputa com problemas no motor

Dois ótimos desempenhos e um abandono. Este é o saldo brasileiro na terceira etapa do Rally Dakar, disputado nesta terça-feira (5), entre as cidades de Termas de Rio Hondo e Jujuy, na Argentina. A dupla formada por João Franciosi e Gustavo Gugelmin, nos carros, e o maranhense Marcelo Medeiros, nos quadriciclos, se destacaram por boas atuações, enquanto Guilherme Spinelli e Youssef Haddad se viram obrigados a deixar a disputa.

Em mais uma especial encurtada pela direção de prova por conta das condições climáticas adversas, Franciosi e Gugelmin ganharam impressionantes 38 posições para encerrar os 190 quilômetros do estágio em 2h27min17s, suficiente para coloca-los na 29ª posição do dia.

“Largamos com muita chuva, até achei que fossem cancelar novamente ou atrasar a partida. Mas o João anda muito bem em piso escorregadio e isso foi determinante. No meio da prova estava seco, pegamos poeira e ficamos muito tempo atrás de outros competidores. No trecho final, voltamos a pegar piso escorregadio”, comentou Gugelmin.

“Mas hoje deu para terminar com o pé direito e amanhã vamos largar em uma posição favorável. Com isso, podemos andar mais livres e tirar mais potência do ASX Racing”, encerrou o navegador, campeão mundial de rally cross-country em 2012 ao lado de Reinaldo Varela.

Conduzindo um UTV Polaris, Leandro Torres e Lourival Roldan encerraram a especial do dia na 79ª posição, com o tempo de 3h00min45s. Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, porém, sofreram com o superaquecimento do motor e tiveram que abandonar a prova ainda no terceiro dia de disputas do Rally Dakar.

O grande desempenho brasileiro do dia, porém, veio nos quadriciclos. Marcelo Medeiros terminou a especial com a quarta colocação, com o tempo de 2h47min14s. O desempenho havia sido ainda melhor, com uma terceira posição, mas uma punição de dois minutos jogou o maranhense um posto para trás. No geral, Medeiros é o terceiro, distante 7min58s do líder Ignacio Casale.

Após uma segunda-feira conturbada, quando sofreu uma queda e terminou na 132ª posição entre as motos, Jean Azevedo completou a terceira etapa na 43ª colocação, com o tempo de 2h41min40s. O resultado rendeu ao veterano oito postos na classificação geral, avançando ao 124º lugar.

Foto:  Victor Eleutério