Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 18
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Rally de Velocidade
    PR - A definir
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Fórmula 1
    Abu Dhabi
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Codasur Rally Sulamericano
    Uruguai
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Porsche Carrera Cup e GT3 Cup Challenge Brasil 2018 (Endurance)
    São Paulo - Endurance
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Mitsubishi Cup
    VeloCittá
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Copa Brasil de Autocross
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Marcas e Pilotos
    Cuiaba
  • 25
  • NOVEMBRO / 2018
    Brasileiro de Autocross
    Cuiabá



Noticias

02/04/2016
Velocult realizou terceira edição do Hall da Fama

Entre vários temas, a Velocult lançou oficialmente a temporada da Old Stock Race

Os pilotos Lian Duarte, Artur Bragantini, Camillo Christófaro (in memoriam) e Tito Cataplani, foram os homenageados na terceira edição do Hall da Fama realizado na quarta-feira (30) no Cine Arte (antigo Cine Livraria Cultura), no Conjunto Nacional.

O Hall da Fama faz parte da Velocult, exposição anual de carros que fizeram história nas pistas brasileiras com o objetivo prestar um reconhecimento definitivo aos pilotos que construíram o automobilismo nacional. Na edição inaugural, em 2014, foram homenageados Emerson e Wilson Fittipaldi, Ingo Hoffmann, Chico Serra, Bird Clemente, Mario Cesar de Camargo Filho e Paulo Gomes.

Este ano a exposição Velocult marcou também a abertura da temporada da Old Stock Race com a primeira corrida válida pelo campeonato de 2016 marcada para este domingo (3) no Autódromo José Carlos Pace em Interlagos. A categoria já fez esse ano a prova de apresentação com um público invejável em eventos regionais, reforçado pela presença de mais de setecentos opaleiros que levaram seus carros modelos anos 70 com grande sucesso.
Durante a cerimônia, também foram homenageados com troféus os pilotos Carol Figueiredo, Raul Boesel, Alex Dias Ribeiro, Alfredo Guaraná, Chico Lameirão e Jose Carlos Pace (in memoriam), que entraram para a galeria em 2015.

Um outro tema fez parte das homenagens da Velocult – o Autódromo de Interlagos, com o slogan “A Faculdade do Automobilismo”. Projetado pelo engenheiro britânico Louis Romero Sanson e inaugurado em 1940, o circuito foi fundamental para o desenvolvimento do esporte no país e também a grande escola de pilotagem dos brasileiros. Construído originalmente com uma extensão de quase oito mil metros, o autódromo foi o primeiro da América Latina e teve sua primeira prova em 12 de maio de 1941 com o Grande Prêmio São Paulo. Perto de 15 mil pessoas assistiram à corrida inaugural, vencida pelo piloto Artur Nascimento Júnior, que completou as 25 voltas da prova no tempo de 1 hora, 46 minutos e 44 segundos.

Em 1971, o autódromo passou pela segunda reforma para abrigar pela primeira vez um Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, sem contar pontos para o Campeonato Mundial.

Foi em 1973 que a prova no circuito paulista, vencida por Emerson Fittipaldi (Lotus), entrou para o calendário mundial. Interlagos sediou o Grande Prêmio de F-1 até 1980 (com exceção de 1978). Em 1990, Interlagos foi reinaugurado e, no ano seguinte, Ayrton venceu sua primeira prova em casa. Em 2014, a pista passou por outra grande reforma.

O idealizador da Velocult, apoiada pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), é o artista plástico e ex-piloto Paulo Soláriz, que respira automobilismo desde os quatro anos de idade e acompanhou o desenvolvimento do esporte no país. São de sua autoria os troféus do GP Brasil de F1 e da SP Indy 300, entre outros trabalhos. Para ele, preservar a memória do automobilismo brasileiro é preservar uma das partes mais importantes da nossa própria história.

A Velocult é patrocinada mais uma vez pela Petrobras, empresa referência em tecnologia e inovação em todos os seus campos de ação. A companhia investe no automobilismo nacional da atualidade e se preocupa com o resgate da memória e a preservação da história desse esporte. O Condomínio Conjunto Nacional, referência arquitetônica e cultural de São Paulo, também renovou seu apoio e volta a ceder o seu valorizado espaço à exposição.