Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 20
  • AGOSTO / 2017
    Fórmula Indy
    Pocono
  • 20
  • AGOSTO / 2017
    Brasileiro de Rally Cross Country de Velocidade
    Rally dos Sertões

Noticias

06/06/2016
Stock Car: Max Wilson triunfa em Santa Cruz

Max Wilson venceu a corrida de encerramento da quarta etapa da temporada 2016 da Stock Car, disputada no Autódromo Internacional Oswaldinho de Oliveira, em Santa Cruz do Sul (RS). O piloto assumiu a liderança nas voltas finais da prova, após superar Rubens Barrichello e Thiago Camilo em uma disputa na segunda metade da corrida.

A segunda posição ficou justamente com Rubens Barrichello, que precisou suportar a pressão do novato Felipe Guimarães nas voltas finais. Coube ao brasiliense, que correu por anos em categorias de monopostos, completar o pódio da corrida disputada no interior gaúcho. Raphael Abbate terminou em quarto, seguido por Galid Osman.

“Eu larguei lá de trás. Essa regra é muito confusa, mas na primeira corrida, por conta do pneu furado, eu coloquei quatro pneus bons para se dar bem na segunda e salvar uns pontinhos. Estava uma confusão muito grande, mas, graças à Deus, a gente ganhou. Eu sabia que seria difícil, mas deu certo. Em função do regulamento, a gente priorizou a segunda corrida”, disse Max.

Com os resultados do final de semana, Felipe Fraga assumiu a liderança do campeonato, com 86 pontos, sete a mais em relação ao segundo colocado e companheiro de equipe Marcos Gomes. Átila Abreu é o terceiro, com 70, seguido por Rubens Barrichello, quarto com 66. O grupo dos cinco primeiros ainda conta com Daniel Serra, com 65.

A próxima etapa da Stock Car acontece no autódromo de Tarumã, no dia 26 de junho.

Confira como foi a corrida dois da Stock Car em Santa Cruz do Sul

Zonta manteve a liderança na largada, seguido por Jimenez, Genz, Gomes e Casagrande. Ainda nas primeiras curvas, Daniel Serra escapou da pista e perdeu muitas posições. No complemento da primeira volta, Gomes e Diego Nunes foram aos boxes fazer o reabastecimento, atitude seguida por Átila, Khodair, Fraga e Serra na volta seguida.

Jimenez seguiu pressionando Zonta na disputa pela liderança da corrida, enquanto Ricardo Maurício assumiu a quarta colocação ao passar por Casagrande. O piloto da Eurofarma RC logo superou Genz para entrar na zona de pódio. O gaúcho da equipe Eisenbahn foi superado ainda pelo piloto da Axalta C2 Team.

A direção de prova excluiu da corrida Marcos Gomes e Diego Nunes por não completarem nenhuma volta antes de entrar nos boxes para reabastecer. De acordo com a transmissão do canal de TV por assinatura Sportv, o piloto da União Química Racing ainda teve um integrante do time não paramentado no trabalho de colocação de combustível na corrida.

Sergio Jimenez assumiu a liderança da prova no complemento da 11ª volta, ao superar Zonta na reta dos boxes. No giro seguinte, Felipe Lapenna tocou o carro de Cacá Bueno, que escapou da pista e perdeu posições para o piloto da Hot Car e para Rubens Barrichello. Na volta 13, Camilo e Barrichello passaram por Genz, pulando para a quarta e a quinta posições, respectivamente.

Ricardo Maurício ultrapassou Zonta na abertura da quarta volta, e assumiu a segunda posição. Pouco depois, o dono do carro número 90 assumiu a liderança, uma vez que Jimenez teve uma pane seca e precisou ir aos boxes na 16ª volta, atitude seguida por Zonta. No mesmo giro, Barrichello tentou passar por Camilo, e foi superado por Max Wilson e Valdeno Brito. O paraibano e o piloto da Ipiranga RCM tiveram problemas com o carro após a disputa.

Maurício fez a parada nos boxes no complemento da 17ª volta, deixando a liderança com Max Wilson, com o outro carro da Eurofarma RC. Barrichello vinha em segundo, seguido por Felipe Guimarães, Raphael Abbate e Galid Osman.

Max continuou com uma vantagem tranquila para os rivais, e seguiu para completar as 22 voltas com a vitória na segunda corrida. Barrichello foi muito pressionado por Guimarães nas voltas finais, mas terminou na segunda posição, seguido pelo competidor da Full Time ProGP.

Foto: Fábio Davini