Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 20
  • AGOSTO / 2017
    Fórmula Indy
    Pocono
  • 20
  • AGOSTO / 2017
    Brasileiro de Rally Cross Country de Velocidade
    Rally dos Sertões

Noticias

10/06/2016
Prêmio de uma temporada de F3 foi elogiado por feras das pistas

Pilotos de várias categorias comentaram a iniciativa da CBA

No mês de Maio a Confederação Brasileira de Automobilismo - CBA abriu as inscrições para o Campeonato Brasileiro de Kart. A competição será disputada pela primeira vez no estado da Paraíba, no Nordeste, e a expectativa da entidade é que mais de 200 piloto prestigiem o mais importante Campeonato da temporada.

A maior novidade da competição deste ano e que, certamente, está chamando a atenção de pilotos e equipes de todo o país é a premiação oferecida para o campeão da categoria Sudam – uma temporada completa na F3 Brasil.

A notícia se espalhou rápido pelos paddocks dos kartódromos e autódromos do país e, em uníssono, todos elogiaram bastante a iniciativa do presidente Cleyton Pinteiro em incentivar a transição de um piloto de kart para as competições nos potentes monopostos da F3.

Com seu jeito irreverente e os vários anos de experiência em todos os níveis do automobilismo internacional o tricampeão mundial de F1, Nelson Piquet, deu a sua opinião sobre a premiação. “Já estava na hora da CBA fazer alguma coisa para incentivar algum piloto que mereça! Eu sou um dos grandes incentivadores da F3. O carro é incrível e, na minha opinião, se os dirigentes conseguissem um patrocínio e revertessem em prêmios, em dinheiro, de largada para todos os pilotos e, de chegada, para os que vão ao pódio, certamente teríamos em dois anos um overbook na categoria”.

Verdadeira lenda do kartismo nacional e, tendo destacadas participações em várias outras modalidades, o paulista Renato Russo também elogiou bastante a iniciativa. “Acho a ideia sensacional, afinal o Campeão Brasileiro pode ser algum piloto que não tenha condições financeiras de assumir um compromisso de uma temporada inteira na F3. Assim, a CBA conseguirá além de promover a F3, uma forma de agregar vários pilotos para as disputas da categoria Sudam. Estamos perdendo os pilotos de kart cada vez mais cedo para os monopostos e, chegando lá sem experiência, os pilotos acabam muitas vezes se frustrando e encerrando suas carreiras de forma prematura”.

Bicampeão da Stock Car, F3 Espanhola e F-Ford Brasil o piloto Ricardo Maurício foi outro que elogiou a iniciativa da CBA. “Eu acho incrível a iniciativa em poder dar oportunidade para os pilotos Brasileiros bem em meio a uma crise. Eu mesmo ganhei um treino de Formula Ford em 1993 quando venci o Campeonato Paulista de Kart. Em iniciativas assim que vamos buscar novos talentos que, às vezes, poderiam simplesmente serem ignorados em virtude da falta de recursos para o prosseguimento da carreira”.

Competindo atualmente na F3 Europeia e integrante do programa de jovens talentos da equipe Red Bull da F1 o mineiro Sérgio Sette Câmara ficou feliz com a importante iniciativa. “Quando a gente está no kart e pensa em seguir a carreira, a primeira coisa que vem à cabeça, principalmente de nossos pais, é que precisarão de alguns milhões disponíveis. A barreira financeira é muito grande nesse esporte. Porém, com um incentivo como esse logo quando o piloto sair do kart, se o cara for bom, ele pode chamar a atenção de algum empresário ou equipe e, novamente conseguir incentivo. Aconteceu comigo esse ano, a Red Bull me procurou. Não é impossível! Fico contente da CBA premiar algum piloto que realmente se destaque no kart”.

Multicampeão no kartismo e com experiências em competições de fórmula e monopostos no Brasil e exterior, o carioca André Nicastro fecha a lista de estrelas que comentaram a premiação. “Na minha opinião o prêmio que a CBA está oferecendo é muito legal e vai ajudar um piloto no momento em que o salto de investimento é muito grande. Isso com certeza poderá fazer toda a diferença na carreira de um competidor. Por outro lado, porém, não acho justa a condição de se utilizarem motores sorteados para definir um prêmio tão valioso. A categoria Sudam é a principal do nosso kartismo, a maioria dos pilotos tem um nível muito elevado e, na minha opinião, cada um deveria disputar este prêmio com o seu equipamento. Não me parece justo deixar à cargo da sorte a conquista de um prêmio desses”.

As inscrições para o Brasileiro seguem abertas no site da CBA, através do link ao lado direito na página da entidade. Acesse: www.cba.org.br

Fotos: Divulgação – Quick Comunicação