Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 20
  • AGOSTO / 2017
    Fórmula Indy
    Pocono
  • 20
  • AGOSTO / 2017
    Brasileiro de Rally Cross Country de Velocidade
    Rally dos Sertões

Noticias

18/07/2016
Barrichello vence pela terceira vez na Stock Car

Piloto venceu após Allam Khodair sofrer uma pane seca nos metros finais da prova disputada em Cascavel

Rubens Barrichello venceu a corrida de encerramento da sexta etapa da Stock Car, disputada no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel (PR). Em um final insano, o piloto da Medley Full Time tomou a liderança de Allam Khodair, seu companheiro de equipe, nos metros finais, faturando a terceira vitória na principal categoria do automobilismo brasileiro. A prova, porém, era liderada por Thiago Camilo até a última volta, quando o piloto da Ipiranga RCM teve problemas no carro.

Coube a Khodair ficar com a segunda colocação, distante 61 milésimos de Barrichello. O pódio ainda contou com Julio Campos, com o carro da Axalta C2 Team. Marcos Gomes foi o quarto, com o equipamento preparado pela Cimed Racing, enquanto Felipe Guimarães, mesmo se envolvendo em um acidente no início da prova, completou a lista dos cinco melhores, com o carro da Full Time ProGP.

Com o outro equipamento da Ipiranga RCM, Galid Osman fechou a prova com a sexta posição, enquanto Valdeno Brito, com o carro preparado pela TMG, ficou com o sétimo posto. Representante da Eurofarma RC, Max Wilson terminou em oitavo, seguido por Felipe Fraga, companheiro de Gomes na Cimed. O grupo dos dez melhores ainda contou com Ricardo Zonta, da Shell Racing.

Com os resultados deste domingo, Felipe Fraga mantém a liderança da Stock Car, com 133 pontos, 21 a mais em relação ao ainda segundo colocado Marcos Gomes. Max Wilson é o terceiro, com 110, seguido por Cacá Bueno e Daniel Serra, empatados no quarto lugar com 101 pontos.

A Stock Car terá agora uma parada de quase dois meses, e será retomada no dia 11 de setembro, com a disputa da Corrida do Milhão, que neste ano acontece em Interlagos.

Confira como foi a segunda corrida da Stock Car em Cascavel

A corrida começou com Daniel Serra mantendo a liderança da prova, enquanto Sérgio Jimenez foi superado por Felipe Fraga e Valdeno Brito. Um pouco mais atrás, Átila Abreu teve um problema com o carro e abandonou a prova. No complemento da primeira volta, uma série de pilotos, entre eles Fraga e Vitor Genz, foram aos boxes.

Então líder da prova, Serra foi aos boxes, assim como Max Wilson e Raphael Abbate. Jimenez, que também não fez uma parada nos boxes na primeira corrida, tomou a liderança da prova, seguido por Ricardo Zonta, que fez o reabastecimento na sexta volta.

Thiago Camilo assumiu a liderança da corrida na sétima volta, quando Jimenez fez seu pit-stop. Allam Khodair apareceu na segunda posição, seguido por Rubens Barrichello, seu companheiro de equipe. O campeão de 2014 travou uma batalha com Felipe Lapenna. Na oitava volta, Marcos Gomes ganhou a sexta posição de Ricardo Maurício.

Camilo tinha uma liderança de três segundos para Khodair. Mais atrás, Fraga superou Valdeno para assumir a 13ª posição na volta 12. Dois giros depois, o paraibano caiu mais um posto, depois de uma ultrapassagem de Max Wilson no Bacião, enquanto Diego Nunes abandonava a corrida com um pneu furado.

Denis Navarro escapou da pista e abandonou a prova, assim como Gabriel Casagrande perdeu o capô do carro, também deixando a disputa. Quarto colocado, Felipe Lapenna foi aos boxes, perdendo muitas posições, enquanto Daniel Serra, Cacá Bueno e Vitor Genz passaram a trocar ultrapassagens na 19ª volta.

Ainda com uma liderança tranquila, Camilo recebeu um aviso da equipe para economizar combustível. Apesar disso, o piloto da Ipiranga RCM conseguiu manter sua vantagem sobre Khodair, que passou a ser pressionado por Rubens Barrichello e Marcos Gomes. O campeão de 2015 superou o vencedor de 2014, e tentou a ultrapassagem sobre o dono do carro 18. Gomes foitocado por Barrichello, e rodou no Bacião.

Na abertura da última volta, Thiago Camilo teve um problema com o carro, abandonando a prova. Allam Khodair herdou a liderança, mas foi superado por Rubens Barrichello nos metros finais, faturando a vitória. Ricardo Maurício ainda recebeu um toque e bateu na entrada dos boxes, e não conseguiu completar a prova.

Foto: Duda Bairros