Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Fórmula 1
    Estados Unidos
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Stock Car
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Brasileiro de Turismo
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Mercedes-Benz Challenge
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Brasileiro de Marcas
    Curitiba
  • 22
  • OUTUBRO / 2017
    Mitsubishi Motorsports Sudeste
    Campos do Jordão

Noticias

17/01/2017
Pedro Piquet conquista pódio na abertura do TRS

Christian Hahn obtém um top-10 em Ruapuna

Os brasileiros Pedro Piquet e Christian Hahn tiveram um início bom no Toyota Racing Series, campeonato que abre a temporada 2017 do automobilismo. O bicampeão da Fórmula 3 Brasil conquistou um terceiro lugar na terceira corrida da etapa de abertura do torneio, disputada no circuito de Ruapuna, na Nova Zelândia. Na mesma prova, Hahn garantiu uma oitava posição.

Piquet poderia ter tido um resultado ainda melhor na etapa, uma vez que garantiu a segunda colocação no segundo páreo do final de semana. O brasileiro largou da pole position, mas foi superado por Taylor Cockerton, que foi punido por queimar a largada. Depois, o piloto da M2 Competition recebeu 30 segundos de punição por sair da linha ideal de defesa.

“Foi um fim de semana bom. Não tinha o carro mais rápido, mas estávamos rápidos. Conseguimos classificar para todas as corridas na frente e terminar bem”, comentou Piquet, um dos pilotos considerados favoritos ao título do Toyota Racing Series, que lamentou a punição na segunda corrida.

“O problema foi a penalização na segunda corrida, porque fui agressivo na hora de defender a posição. Mas o que na Europa seria totalmente normal aqui não foi visto da mesma forma, e levei 30s, então acabei quase em último. Na outra corrida, que foi bem disputada, terminamos em terceiro e foi muito legal”, explicou Piquet.

“Se não fosse pela penalização, estaria liderando o campeonato, mas agora vamos para a próxima. Estou mais acostumado com o carro e acho que vamos melhorar nas classificações”, completou o piloto, que está em sua terceira participação no Toyota Racing Series.

Christian Hahn, por sua vez, enfrentou dificuldades ao longo do final de semana com o motor Toyota e os pneus, muito diferentes em relação aos utilizados na Fórmula 3 Brasil. Foi a primeira participação do piloto paulista em uma categoria de monopostos fora do País.

“Além de o carro ser diferente, a disputa aqui é muito mais competitiva. Tem muito mais carros na pista e, em alguns momentos, parece até uma corrida de kart. São muitos pilotos de qualidade, todos muito impetuosos”, comentou Hahn, comemorou o resultado da última corrida, onde saiu da 18ª para a oitava posição.

“Fiz uma boa largada, ganhando posições importantes, o que me ajudou muito a chegar na frente. Nesta prova, eu já estava mais confortável dentro do cockpit e consegui ser mais agressivo nas ultrapassagens”, explicou o piloto, que alcançou o objetivo em Ruapuna.

“Cumprimos o objetivo de ficar entre os dez primeiros nesta primeira etapa, o que era um grande desafio, já que todos os pilotos que estão nesta disputa se mostraram muito competitivos e todos são candidatos a chegar longe em qualquer categoria na Europa. Por tudo isso, estou muito feliz com o desempenho que tivemos nesta prova”, completou Hahn.

Após a primeira etapa do Toyota Racing Series, a liderança do campeonato é de Richard Verschoor, com 181 pontos, três a mais em relação ao segundo colocado, Thomas Randle. Jehan Daruvala, ganhador da terceira corrida do final de semana, é o terceiro com 142. Pedro Piquet é o nono, com 119 pontos, enquanto Christian Hahn aparece na 15ª colocação, com 73.

A próxima etapa acontece neste final de semana no circuito de Teretonga Park, na cidade neozelandesa de Invercargill.

Foto: Toyota Racing Series