Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

  • 29
  • OUTUBRO / 2017
    Fórmula 1
    México
  • 29
  • OUTUBRO / 2017
    Brasileiro de Endurance
    Viamão
  • 29
  • OUTUBRO / 2017
    Suzuki Off Road
    Campos do Jordão
  • 29
  • OUTUBRO / 2017
    Copa Brasil de Turismo 1600
    Caruaru

Noticias

16/07/2017
Sucesso absoluto no encerramento da primeira fase do Brasileiro de Kart

Disputas eletrizantes coroaram os primeiros 10 campeões de 2017

Terminou neste sábado (15) a primeira fase do Campeonato Brasileiro de Kart 2017. A competição, realizada no Kartódromo Beto Carrero Internacional, em Penha, no litoral de Santa Catarina, recebeu 284 pilotos que buscaram o título em 10 categorias distintas.

A programação de pista, diferente dos dias anteriores, foi iniciada por volta de meio dia, com treinos de aquecimento e, as duas da tarde, a solenidade de apresentação dos pilotos foi teve a foto oficial e a execução do Hino Nacional Brasileiro cantado, à capela, pela cantora Bárbara Damásio. Waldner Bernardo, presidente da CBA e João Novaes, presidente da FAUESC, agradeceram a participação e empenho de todos os pilotos e equipes e, ambos, ressaltaram a importância e a responsabilidade da realização do maior Campeonato Brasileiro de Kart de todos os tempos.

No intervalo da programação a pista recebeu, também, três apresentações de carros de competição. Primeiro entrou na pista o Sprint Race, pilotado pelo goiano João Rosate. Em seguida entraram os carros da F3 Academy e da F3 Brasil. O público foi ao delírio com a demonstração das máquinas que são, seguramente, as opções mais procuradas do automobilismo após a conclusão da carreira no kart.

Pontualmente as três da tarde começaram as corridas finais com as disputas da categoria Júnior. Após partir da quinta posição Diego Ramos (SP) imprimiu um forte ritmo e, não demorou a assumir o primeiro posto. As disputas pela segunda e terceira posições foram bastante intensas e a definição destes lugares somente aconteceu na bandeirada final. Felipe Baptista (SP) chegou em segundo e Enrico de Lucca (SP), em terceiro, após grande recuperação. O pódio foi completado ainda por Pedro Lopes e Gabriel Fonseca.

A categoria F4 Super Sênior tomou a pista para sua definição que coroou o trabalho perfeito do piloto José Spengler Neto (SC). De forma invicta ele chegou ao título desta categoria após marcar a pole-position, vencer as três corridas classificatórias e também, a Final. A bateria, muito disputada em suas voltas iniciais, se tornou tranquila na segunda metade da prova. Enquanto o segundo e terceiro colocados se ultrapassavam, o líder foi abrindo até receber a bandeirada do título com mais de um segundo de vantagem para os demais. Ricardo Toledo (GO) ficou com o vice Campeonato e César Santos (SC) a terceira posição. Pablo Marlangeon (PR) e Paulo Sant’Anna (PR) completaram o pódio na quarta e quinta posições.

Os mais jovens pilotos do Campeonato, pertencentes a categoria Mirim, tomaram a pista para suas atividades trazendo o piloto Heitor Dall’Agnol (RS) na pole-position. O garoto, abriu pequena vantagem na primeira parte da prova, mas, nas últimas cinco voltas, as disputas foram de arrepiar. Gabriel Koenigkan (DF), que vinha em segundo, assumiu a ponta, mas, na última volta, perdeu novamente a liderança. Nas últimas curvas porém, aproveitando-se de um erro de Heitor, Gabriel reassumiu a liderança e venceu com Heitor praticamente ao seu lado. Enzo Nienkotter (SC) chegou em terceiro com Luca Waltrick (SC) em quarto e Pietro Nalesso (RJ) com o quinto lugar.

Seguindo a programação a categoria F4 Sênior teve, até naquele momento, a prova mais movimentada do Campeonato. A disputa pela primeira posição foi intensa e pode-se dizer que dividida em dois momentos. No início, protagonizada por Bruno Lima (RJ) e Rodrigo Dantas (SP) e, na segunda metade da prova, que recebeu a presença extra de Angelo Vago (ES), Paulo Farias (SP) e Flaviano Ramos (SC). Os quatro estavam muito juntos e, numa estratégia muito interessante, Ramos assumiu a liderança na última volta, segurou a ponta nas três últimas curvas e comemorou muito o seu título. Lima ficou com o vice e Paulo Farias, a terceira posição. Angelo foi o quarto colocado e Rodrigo Dantas, o quinto.

Com seus potentes karts e as largadas paradas as provas da categoria Shifter são sempre muito aguardadas. Pela divisão Sênior o paulista Waldir Belizário confirmou a supremacia conquistada ao vencer as três classificatórias e, novamente, venceu. Ele foi muito pressionado por Alain Sisdelli (SP) que ficou com o vice-campeonato. Wagner Ebrahim ficou com a terceira posição. Completaram os cinco primeiros os pilotos Douglas Soares (SC) e Carlos SG (PR).

A corrida da categoria F4 Graduado foi a última do primeiro período e encerrou a transmissão pela Internet através do canal Catve. Desde as primeiras voltas a prova reuniu muitos pilotos na disputa pelas primeiras posições e, com brigas intensas, era impossível definir quem seriam os primeiros colocados. Depois de uma ultrapassagem certeira na última volta João Cunha (SP) garantiu o título trazendo André Castro (SP) em segundo e André Novaes (MG), em terceiro. Completaram o pódio Ricardo Pinheiro (SC) em quarto e Diogo Broka (DF) na quinta posição.

Pontualmente as 19 horas a programação do Brasileiro de Kart entrou ao Vivo no Sportv com a corrida da categoria Júnior Menor. Em uma bateria de arrepiar as disputas começaram quente e os pilotos Lucas Staico (MG) e Rafael Câmara (PE) que saíram da primeira fila, acabaram se enroscando com três voltas completadas e abandonaram a prova. Nicolas Fabris (SP) assumiu a primeira colocação e trazia com ele um grande pelotão. Ricardo Gracia (SP), que vinha em segundo, em uma arrojada manobra assumiu a liderança e seguiu até o fim no primeiro lugar. Em impressionante corrida de recuperação Guilherme Figueiredo (SE) partiu da 18ª posição e garantiu o vice Campeonato após dupla ultrapassagem na última volta. Fibris cruzou a linha de chegada em terceiro. Completaram o pódio João Victor Camargo (SP) e João Pedro Maia (PR).

Com seus 36 karts no grid a categoria Cadete tinha uma menina na primeira posição. Antonella Bassani (SC) fez grande largada e se garantiu na liderança nas primeiras voltas. Depois, porém, o pelotão começou a se distanciar Vinícius Tessaro (DF) chegou a liderar, mas, acabou sendo superado por Enzo Bettamio (SP) que, em grande manobra, assumiu a liderança. João Pinheiro Filho (DF) ficou com o vice Campeonato e, Antonella, completou o trio que comemorou no Mustang Conversível. Foram ainda ao pódio Tessaro em quarto e  Vinícius Mercez, no quinto lugar (GO).

Também com 36 karts na pista a Sudam reunia inúmeros ex-campeões Brasileiros em seu grid e, com isso, todos já esperavam uma corrida espetacular. Em 20 voltas de automobilismo puro o que se viu foi uma grande prova. Vários pilotos se revezando na liderança e, mesmo que com alguns toques entre as disputas, a prova ficará na memória de todos que puderam acompanhar. Cinco pilotos diferentes lideraram a corrida que acabou coroando o carioca André Nicastro com seu oitavo título de Campeão Brasileiro de Kart. Olin Galli (RJ) ficou com a segunda posição e Lucas Okada (DF), o terceiro. Completaram ainda o pódio os gaúchos Arthur Leist e Christian Castro.

Encerrando as atividades desta primeira fase do Campeonato Brasileiro a categoria Shifter Graduado foi para a pista. Assim como fez nos treinos, nas tomadas de tempos e nas classificatórias Gaetano Di Mauro(SP) não deu a menor chance a seus adversários, vários deles muito experientes, e venceu de ponta-a-ponta. As brigas pela segunda e terceira posições, contudo, foram bastante interessantes e revelaram Marcel Coletta (SP) como vice campeão. Danilo Dirani (SP) foi o terceiro, Gabriel Dias (PR) o quarto e Bruno Grigatti (SP) o quinto.

Neste domingo o Kartódromo Beto Carrero não terá atividades oficiais. Porém, à partir desta segunda-feira (17) tem início às atividades da segunda fase do Campeonato.

Confira os resultados completos das finais em: https://goo.gl/C2b6yj

Fotos: Bruno Gorski