Confederao Brasileira de Automobilismo

Fia Fia

Não há eventos para os próximos dias.

Noticias

11/12/2017
F-3 Brasil: Samaia se mantém imbatível em Interlagos, enquanto Léo Barbosa garante o vice-campeonato na Academy

Campeão da categoria principal consegue mais dois triunfos no fim da temporada, que foi marcada por disputa intensa pelo vice na categoria de acesso

A última etapa da temporada da F-3 Brasil manteve o enredo de praticamente todo o campeonato, neste sábado (dia 9), no autódromo de Interlagos, em São Paulo (SP), pelo menos na categoria principal, quando Guilherme Samaia foi dominante nas duas provas. Enquanto isso, na Academy, quando tudo caminhava para outros dois triunfos de Igor Fraga, Léo Barbosa e Enzo Elias roubaram a cena na disputa pelo vice-campeonato. Melhor para Barbosa, que venceu uma das duas corridas e terminou o campeonato na frente do adversário.
Pole position na capital paulista, Samaia manteve os 100% de aproveitamento no circuito. Com os dois triunfos obtidos na neste fim de semana, ele chegou a seis vitórias em Interlagos em 2017. Se não bastasse, terminou a categoria principal com 13 primeiras colocações, em 16 provas. E olha que na segunda corrida do dia ele largou na sexta posição por conta do grid invertido.

“Foi uma fim de semana muito bom. Tive uma batida constante, me diverti bastante. Estou feliz com meu trabalho. O carro estava ótimo e só tenho a agradecer à equipe por isso. Esse resultado eu dedico para eles. Na primeira prova, o safety car trouxe um pouco de emoção no fim. Seria muito chato se eu tivesse perdido a primeira colocação e a corrida. Mas é normal. Tenho de aprender a largar com o carro de segurança e a me defender. Pelo menos, deu certo”, avaliou o campeão da categoria principal.

Quem também teve muito a comemorar foi Igor Fraga. Com o título da Academy já confirmado desde a etapa passada, em Goiânia (GO), ele não deixou o ímpeto cair em Interlagos. Venceu a primeira corrida do fim de semana, chegando a dez triunfos na temporada, sendo quatro na capital paulista.

“A corrida teve vários momentos, alguns nos quais andei mais sozinho e em outros que teve mais emoção. Na relargada, fiquei no bolo. Foi uma prova divertida, curti”, declarou Fraga.
Mas quem brilhou mesmo foi Léo Barbosa. Na luta pelo vice-campeonato, ele levou a melhor em cima de Enzo Elias, terminando um ponto na frente do adversário. De quebra, ainda obteve sua primeira vitória na temporada ao cruzar a segunda corrida do dia no primeiro lugar.

“Foi muito importante esse resultado. A gente vem lutando faz muito tempo junto com a equipe. Esse é meu primeiro ano de fórmula, o segundo no automobilismo. Estou muito feliz. Queria agradecer a todos que torceram e me apoiaram”, destacou Barbosa.

Corrida 1

Nada mudou entre os líderes no início da primeira prova em Interlagos: Guilherme Samaia segurou a primeira colocação, já com uma boa distância para os demais concorrentes, com Igor Fraga, da Academy, segurando o segundo posto. Enquanto isso, Leonardo Barbosa conseguiu deixar Murilo Coletta para trás.
Na abertura da segunda volta, Coletta deu o troco em Souza, em uma bela ultrapassagem no fim da reta principal, por fora.

No meio do pelotão, uma boa disputa também. Em sua estreia na categoria, Raphael Abbate deixou Léo Barbosa para trás na luta pela quinta posição. Enzo Elias, que vinha logo em seguida, também conseguiu a ultrapassagem em cima de Barbosa.

A partir quinta volta, Fraga e Coletta passaram a lutar pela vice-liderança. Mesmo com o carro da Academy, o campeão da categoria ainda conseguiu segurar o adversário, mas acabou superado no fim da reta oposta.

Alheio às disputas, Guilherme Samaia permanecia na liderança abrindo uma vantagem de quase dois segundos por volta em relação aos demais pilotos.

Na 15a volta, Enzo Elias perdeu uma freada e bateu proteção de pneus. Com isso, o safety car foi acionado e todos os pilotos passaram a ficar juntos.

Na relargada, três giros depois, Marcel Coletta foi para cima de Samaia, mas nãoteve sucesso na ultrapassagem.

Raphael Abbate e Léo de Souza chegaram a ultrapassar Igor Fraga em disputa pelo terceiro lugar, mas logo foram deixados para trás novamente.
Pouco tempo depois, Samaia voltou a abrir vantagem na liderança para confirmar a vitória. Coletta, que vinha em segundo, acabou punido após a corrida por conta de uma ultrapassagem durante o safety car e caiu para o sétimo posto.

Com isso, Igor Fraga subiu para o segundo posto no geral, se garantindo como o melhor da Academy.

Corrida 2

Com o grid de largada invertido em seis posições, Léo Barbosa largou em primeiro, seguido por Emilio Padron, Raphael Abbate, Leonardo de Souza, Igor Fraga e Guilherme Samaia.

Apesar de largar no meio do pelotão, Samaia logo mostrou sua superioridade e, na metade da primeira volta, já estava na liderança, deixando Padron e Abbate para trás.

Quem também recuperou diversas posições foi Igor Fraga, que logo já estava em terceiro, colado em Padron na disputa pelo segundo lugar. Com problemas, Abbate teve de entrar nos boxes.

Fraga só não contava com um imprevisto e o pneu traseiro direito furado. Assim, precisou fazer um pit stop, o que acabou com suas chances de vitória.

A partir de então, enquanto Samaia abria uma vantagem cada vez maior em cima de seus adversários, Enzo Elias e Léo de Souza passaram a batalhar pela primeira colocação da categoria Academy, a quarta no geral. Quem chegasse na frente ficaria com o vice-campeonato.

A disputa levou diversas voltas, com Elias sempre defendendo bem a posição. Até que no 17o giro, Barbosa finalmente ultrapassou o adversário, que logo deu o troco. Na volta seguinte, Barbosa voltou a superar o rival para não perder mais a posição.

No fim da prova, Guilherme Samaia garantiu o triunfo, seguido por Leonardo de Souza e Emilio Padron.

Depois, vieram os pilotos da Academy, com Léo Barbosa, Enzo Elias e Igor Fraga.

Resultados

Corrida 1

1-) 77 Guilherme Samaia (F3A - Cesário F3) – 32m07s956 (20 voltas)
2-) 54 Igor Fraga (F3B - PropCar Racing) - a 9.134
3-) 91 Leonardo de Souza (F3A - Kemba Racing) - a 11.774
4-) 38 Raphael Abbate (F3A – Cesário F3) - a 13.182
5-) 17 Emilio Padron (F3A - PropCar Racing) - a 14.276
6-) 55 Léo Barbosa (F3B - PropCar Academy) - a 18.451
7-) 7 Murilo Coletta (F3A - Cesário F3) - a 22.196
8-) 48 Lucas Okada (F3B – Dragão Motorsport) - a 1 volta
Não completaram
73 Enzo Elias (F3B - Hitech Racing)
119 Pedro Goulart (F3B - RDC Motorsports)

Corrida 2

1-) 77 Guilherme Samaia (F3A - Cesário F3) – 31m51s853 (21 voltas)
2-) 91 Leonardo de Souza (F3A - Kemba Racing) - a 1:11.697
3-) 17 Emilio Padron (F3A - PropCar Racing) - a 1:15.050
4-) 55 Léo Barbosa (F3B - PropCar Academy) - a 1:21.677
5-) 73 Enzo Elias (F3B - Hitech Racing) - a 1:22.752
6-) 54 Igor Fraga (F3B - PropCar Racing) - a 1 volta
7-) 119 Pedro Goulart (F3B - RDC Motorsports) - a 1 volta
8-) 48 Lucas Okada (F3B – Dragão Motorsport) - a 1 volta
Não completaram
7 Murilo Coletta (F3A - Cesário F3)
38 Raphael Abbate (F3A – Cesário F3)

Classificações (com descartes)

F-3 Brasil
1-) Guilherme Samaia – 207 pontos
2-) Giuliano Raucci – 132
3-) Leo de Souza – 86
4-) Murilo Coletta – 71
5-) José Artur Fortunato – 37
6-) Emilio Padron – 37
7-) Pedro Caland – 24
8-) Hernan Palazzo – 21
9-) Christian Hahn – 14
10-) Airton Santos – 10
11-) Rafael V. Grandi – 9
Vitor Baptista – 9
Raphael Abbate – 9

F-3 Academy

1-) Igor Fraga – 190 pontos
2-) Léo Barbosa – 133
3-) Enzo Elias – 132
4-) Marcel Coletta – 93
5-) Pedro Goulart – 93
6-) Lucas Okada – 14
7-) Rafael Barranco – 9
8-) Sérgio Henrique – 7
9-) Renan Pietrowski – 5
10-) Alberto César – 0
11-) Matheus Santa’anna – 0
12-) Pedro Saderi – 0