Notícias

09 Novembro 2021

Decisão do FIA Girls on Track tem início na Itália

Brasileira Júlia Ayoub é finalista pela segunda vez.

Quatro pilotas disputam a partir desta terça-feira a final do FIA Girls on Track - Rising Stars. A paulista Júlia Ayoub, de 16 anos, é uma delas e, pela segunda vez, tentará vencer a seletiva que dará à campeã a chance de integrar o programa Ferrari Driver Academy (FDA) e competir em 2022 de Fórmula 4.

Foto: Divulgação / FIA

O rigoroso programa de cinco dias de avaliações inclui testes físicos e mentais, mídia training, treinamento técnico e em simulador, além de dois dias de testes com um Fórmula 4 na pista de Fiorano, na Itália.

Especialistas do FDA analisarão todos os dados dentro e fora da pista para chegarem a uma decisão.

Além de Júlia, as finalistas da categoria Sênior são a russa Victoria Blokhina (14 anos), e as espanholas Laura Camps Torras (16 anos) e Clarissa Dervic (15 anos).

A vencedora seguirá os passos de Maya Weug, campeã do FIA Girls on Track de 2020, que disputou a Fórmula 4 nesta temporada.

Nesta fase da Seletiva, Júlia contou com o apoio da Confederação Brasileira de Automobilismo, que reembolsou o custo de suas passagens aéreas para a Europa.

Autor: Assessoria de Imprensa