Notícias

27 Setembro 2021

Caio Collet encerra temporada de estreia na FIA F-3 entre os Top-10

Norueguês Dennis Hauger é o campeão de 2021.

Uma das principais categorias de base e de acesso para a Fórmula 1, a FIA Fórmula 3 teve o encerramento da temporada 2021 no último final de semana, em Sóchi, na Rússia.

Foto: Dutch Photo Agency

Único brasileiro na temporada completa da categoria, o paulista Caio Collet encerrou a competição na nona colocação, com 93 pontos, e foi o segundo melhor estreante, entre os 19 novatos deste ano.

Mas não foi um fim de semana fácil para o brasileiro, que começou bem, liderando a única sessão livre de sexta-feira. Collet encerrou o classificatório em oitavo e partiu em quinto (pelo grid invertido) na corrida 1, que também aconteceu na sexta-feira, já que havia a previsão de chuva forte para o sábado.

Sem contar com o ritmo ideal, o brasileiro finalizou a prova em quinto, o nono Top-5 na temporada.

No sábado, como previsto, a chuva acabou cancelando a corrida 2 da etapa tripla e os pilotos foram direto para a prova final no domingo. Largando de oitavo, Collet envolveu-se em um acidente ainda na primeira volta e foi obrigado a abandonar.

Foi o segundo abandono do piloto em sua temporada de estreia na categoria com a equipe holandesa MP Motorsport.

Nas 19 provas, Collet foi ao pódio em duas (terceiro lugar em Barcelona e Paul Ricard) e somou pontos em 12 corridas.

As vitórias em Sóchi ficaram com o norte-americano Logan Sargeant (EUA) e o australiano Jack Doohan. O norueguês Dennis Hauger, da equipe Prema, foi o campeão da temporada.

“Foi um ano de altos e baixos, em que não conseguimos ter sempre a performance esperada. Nos classificatórios, estávamos sempre entre os seis, cinco primeiros, mas faltava um pouco para estar entre os três. Por outro lado, não estávamos tão mal, para terminar em 10º ou 12º, o que com a inversão do grid poderia ter ajudado para largar na frente em algumas provas”, comentou Collet, que é integrante do programa Alpine Academy.

“Mas foi um ano de aprendizado. Perdi algumas oportunidades, cometi alguns erros, mas gostaria de agradecer aos meus patrocinadores e a todos que me proporcionaram mais um ano nas pistas. Sou muito privilegiado por estar aqui, fazendo o que eu faço e vamos ver como as coisas se projetam agora para 2022”, completou o brasileiro.

Além de Collet, Enzo Fittipaldi também levou a bandeira do Brasil em quatro provas da FIA F-3 este ano, pela equipe Charouz, antes de seguir para a Fórmula 2. O neto do bicampeão de Fórmula 1, Emerson Fittipaldi, conquistou um pódio e terminou o campeonato em 17º lugar, com 25 pontos.

Veja a classificação completa da temporada 2021 da FIA F-3: https://www.fiaformula3.com/Standings/Driver

 

Autor: Assessoria de Imprensa